14 de maio de 2014

Poema de Fernando Pessoa-Sonho Impossivel

Poema de Fernando Pessoa-Sonho Impossivel

"Eu tenho uma espécie de dever,
de dever de sonhar,de dever de sonhar
de sonhar sempre,
pois sendo mais do que
uma espectadora de mim mesma,
eu tenho que ter o melhor espectáculo que posso.

E assim me construo a ouro e sedas,
em salas supostas, invento palco, cenário,
para viver o meu sonho
entre luzes brandas
e músicas invisíveis.

Sonho Impossível

Sonhar mais um sonho impossível
Lutar quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vender
Sofrer a tortura implacável
Romper a incabível prisão
Voar num limite provável
Tocar o inacessível chão
É minha lei, é minha questão
Virar este mundo, cravar este chão
Não me importa saber
Se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer
Por um pouco de paz
E amanhã se este chão que eu beijei
For meu leito e perdão
Vou saber que valeu
Delirar e morrer de paixão
E assim, seja lá como for
Vai ter fim a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão".
Fernando Pessoa

Deixo-vos um vídeo do Poema de Fernando Pessoa-Sonho Impossivel  na voz magnifica de Maria Betânia. 

4 comentários:

  1. "Sonho Impossível" de Chico Buarque e Ruy Guerra, que por sua vez é uma versão do original "Impossible Dream" de J. Darion e H. Leigh

    ResponderEliminar
  2. "Sonho Impossível" de Chico Buarque e Ruy Guerra, que por sua vez é uma versão do original "Impossible Dream" de J. Darion e H. Leigh

    ResponderEliminar
  3. Olá Paulo Ramos!
    Tem toda a razão. Adoro tb esta versão. Só lamento que os nossos cantores não o cantem mais vezes. Bjs

    ResponderEliminar
  4. Sem esquecer que o poema é do Poeta português Fernando Pessoa,lido e cantado primorosamente por Maria Betânia, com arranjo de Chico Buarque.
    A voz de Betânia e o arranjo de Chico Buarque, deram LUZ ao poema de Pessoa.
    Vou levar Nina, obrigada por partilhar.

    ResponderEliminar